IMPRESSÕES DO LOOMER SOBRE O II SINAWAVE



Foto: Marcela Meza Baeza


Belo texto da Liege, do Loomer, sobre o II Sinewave Festival:

II Sinewave Festival - NOISE REALMENTE É O CAMINHO!!!!

Então pessoal, voltamos de SP com um sorrisão de orelha a orelha, porque não tem como ser maior!! :-D Preciso lhes contar...tin tin por tin tin:


Bem... O II Sinewave Festival, rolou na Livraria da Esquina, na Barra Funda em SP, em duas noites de discotecagens e shows maravilhosos e veio pra mostrar que existe sim uma cena neste Brasil, formada por órfãos de uma boa barulheira, que sabem apreciar e fazer NOISE muito bem!!!

Na noite de sábado, 28, a banda Black Sea (de Curitiba PR) abriu os trabalhos com um show denso e pulsante, com afinações graves e vocais quase guturais em meio à uma bateria pesada e firme e guitarras marcantes que remetiam à bandas como Deftones! Showzão!!

Depois deles, a Hopping to Collide With, veio para acalmar os ânimos e arrancar suspiros com guitarras que fizeram o bom e velho Pink Floyd vir à tona! Melodias gostosas e instrospectivas, arrancaram vários aplausos merecidíssimos!! Show lindo!

Pra fechar a noite com chave de ouro, a Herod Layne subiu ao palco com um set todo instrumental, e surpreenderam a cada música! Elson, Sachalf e Johnny não deixam absolutamente nada à dever para as famosas bandas Islandesas, como MUM e Sigur Rós... (até o arco na guitarra entrou em cena!). Além de composições incríveis, a banda fechou a noite com trechos de músicas de ótimas bandas locais como Labirinto, Gray Strawberries e Duelectrum com direito à participação de alguns membros destas bandas, todos descendo a lenha na mesma bateria!!! MEMORÁVEL!!!! SHOW FODA!!!

Além disso, do início ao fim, a noite teve os embalos do casal Erick e Muriel da banda Labirinto, que mandaram ver num set de discotecagem de primeira, recheado de petardos como Swervedriver, Sleater Kinney, Polvo e Jawbox!!!!

---------------

Na segunda noite, domingo, dia 29, a noite começou com a discotecagem do Mario Bross, do Wry, com um set arrasador, mostrando que o shoegaze está realmente vindo com tudo novamente, com bandas atuais como A Place to Bury Strangers, Amusement Parks on Fire, tocando como único "clássico" o indispensável MBV. Sueisssssfiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiine!!

A primeira banda a subir no palco foi a Allice, de Assis - SP, que apesar da distância, foi com certeza a banda que mais elementou levou: além de guitarras, baixo, bateria, a banda ainda levou notebook, escaleta, violino...e utilizou tudinho, criando uma atmosfera experimental nota 10!!!

Bem...a segunda banda foi a gente, Loomer, e como não fui expectadora, digo-lhes que o outro lado da história, o de estar em cima do palco, é ainda melhor do que estar prestigiando: um palco graaande, com um som maravilhoso, ALTO, um pessoal super prestativo, ajudando em tudo que a banda precisa, com gente QUE ENTENDE do assunto (ao contrario de muitos bares que a gente toca, onde o pessoal do som não entende pra quê que servem tantos pedais!) sem deixar a peteca cair.
Uma iluminação muito bem sincronizada, que abrilhantou as performances das bandas! Mas o melhor de tudo, pessoal, é isso aqui: http://brazilianshoegazer.blogspot.com/2009/12/loomer-nothing-much-to-lose-mbv-cover_02.html
você olhar pra frente e ver a galera ensandecida durante o seu show, NÃO TEM PREÇO. Vale cada centavo que você usa pra comprar cada pedal, pagar cada ensaio e faz você ter orgulho de estar empunhando um instrumento!!! Obrigada, pessoal.

Depois da gente, a Duelectrum fechou a noite com um show "curto e grosso" como a gente diz por aqui, no Sul: Sem muitas firulas e direto ao ponto, o Filipe alavancava sua Jazzmaster como muito bem ensinou o mestre K.Shields, acompanhado do baixo limpo e preciso do Franklin e da bateria arrastada e fortíssima do Luiz, que SENTOU O BRAÇO sem dó nem piedade, fechando com chave de ouro o festival com um shoegaze CRU, DE PRIMEIRÍSSIMA!!!! Show do caralho, que deixou a galera na vontade do BIS!!!

A ilustríssima presença de músicos de outras bandas de shoegaze, post rock, indie rock locais como Inverness, Fire Friend, Old Magic Pallas, Soundscapes, S.O.M.A., Gray Strawberries, Monaural, Drosóphila, para prestigiar o festival foi com certeza o que impulsionou Pedro Damian (da BÍBLIASPOT ShoegazerAlive) a construir este novo site aqui: http://www.brazilianshoegazer.blogspot.com/ e resenhar o festival e bandas que os anfitriões do Sinewave Festival Elson, Filipe e Luiz conseguiram reunir em duas noites que FICARÃO NA HISTÓRIA!!!!!!

O festival ainda contou com o apoio do tradicionalíssimo selo Midsummer Madness, da loja Dissensso (que tava com uma banquinha FODA lá, nas duas noites, com vários vinis, livros e cds que aposto que vc sempre quis ter) e do coletivo Fora do Eixo, com certeza um dos maiores entusiastas desta cena independente brasileira!!!
Foi uma grande união de bandas e entusiastas, que colaboraram, tocando, tirando foto, filmando, discotecando, resenhando, cuidando da técnica, assessorando, vendendo discos, ou simplesmente INDO LÁ CURTIR!!!


É com essa união que se faz uma cena, e NOISE realmente É O CAMINHO!!!!
Parabéns, pessoal!
Já estamos com saudades!!!!
Liege.

Comentários